Por que escolher Ottawa? Nem só de Vancouver e Toronto se faz o Canadá

Capital do Canadá, Ottawa é a quarta maior cidade do país. Localizada entre a província de Ontário e Quebec, às margens do Rio Ottawa, a região é conhecida pela excelente qualidade de vida e escolas que oferece aos seus habitantes. De acordo com a consultoria Mercer, Ottawa é a segunda melhor cidade das Américas, atrás apenas de Vancouver, e está na 14ª posição no quesito melhor cidade do mundo. Conhecida como uma cidade universitária, Ottawa conta com ótimas universidades e é o maior centro de tecnologia do país. A população é mais jovem, no entanto, nem pense que por isso há muitas opções de baladas na região. A cidade é ideal para quem procura um local tranquilo para focar nos estudos. Limpa, organizada, segura, Ottawa conta com transporte público de qualidade, oferecendo ônibus e trem integrados. A cidade ainda é cercada de ciclofaixas, pois a energia limpa e sustentável é bem-vinda no local.

Carlingwood

Localizado a oeste da cidade, o bairro tem um ótimo acesso aos pontos turísticos e às áreas de serviços. Em Carlingwood está a melhor escola elementar do Canadá, a École Élémentaire Catholique Terre-desJeunes. O bairro ainda é próximo de áreas onde há programações gratuitas para toda família, cinema e um grande centro comunitário com ginástica, aulas de dança e esportes. O bairro ainda conta com o Carlingwood Mall, onde você encontra várias opções de lojas e serviços. Custo médio para um apartamento com dois quartos: CAD$ 1,150.

Chapel Hill West

O bairro fica na área leste da cidade. O local é bem servido na questão serviços, pois é nele que fica Orleans. Chapel Hill é cercado de áreas verdes e boas escolas, a exemplo da École Élémentaire Catholique L’éroille-de-L’est. Um dado curioso é que cerca dos 19% dos residentes tem menos de 15 anos. Custo médio para um apartamento com dois quartos: CAD$ 1,200.

Kanata Lakes

Esse bairro é bem servido de áreas de comércio, serviços e lazer. Nele está localizado o Kanata Wave Pool (piscina de ondas e centro aquático), Beaverbrook Library, Kanata Centrum (grande centro de compras, com cinema, restaurantes etc). No entanto, como era de se esperar, o destaque são das escolas. O bairro possui 4ª e 5ª melhores escolas de ensino médio da cidade: Earl of March Secondary School e All Saints Catholic High School. Kanata tem dois pontos negativos, se comparados aos outros bairros: preços do aluguel e o trânsito em dia de partida de hóquei já que o bairro fica próximo à arena onde acontecem os jogos. Custo médio para um apartamento com dois quartos: CAD$ 1,525.

Old Ottawa South

Bibliotecas e centros comunitários se destacam nesse bairro. Como opções de lazer, o local se destaca pela opção de patinação durante o inverno no Rideau Canal.  Boas escolas também são encontradas neste bairro, como é o caso da 6ª melhor escola do cidade, a Hopewell Avenue Public School. Um dos pontos negativos é o alto valor do aluguel. Old Ottawa South é bem próxima ao cento da cidade.  Custo médio para um apartamento com dois quartos: CAD$ 1,700.

Barrhaven00

Bairro familiar com ruas tranquilas, parques. É em Barrhaven onde se localiza as 2ª e 3ª melhores escolas de ensino médio de Ottawa: John McCrae Secondary School e St. Joseph’s Catholic High School. Para diversão existem centro de esportes com quadras, piscinas e bibliotecas. Custo médio para um apartamento com dois quartos: CAD$ 1,275.

Palestra Imigração e Estudo no Canadá em João Pessoa e Maceió

Tem alguém de João Pessoa  e Maceió aqui? A Hi Bonjour está chegando nas duas cidades para fazer nossa Palestra Imigração e Estudo no Canadá. Estamos cheia de novidades e possibilidades para você que quer vir estudar e morar no Canadá. Tiraremos todas as suas dúvidas sobre processos de imigração, estudo de idiomas e College no Canadá e ainda você poderá concorrer a brindes dos nossos parceiros. Pra melhorar, diretamente de Vancouver, teremos a participação da Consultora de Imigração Canadense, Marilene Quintana, do E-Visa Immigration.

Palestra Imigração e Estudo no Canadá Palestra Imigracao e Estudo No Canadá

JOÃO PESSOA

O quê: Palestra Imigração e Estudo no Canadá
Quando: 30/08, às 19h
Onde: Ouro Branco Praia Hotel
Inscrições: R$10,00 aqui http://bit.ly/PalestraJoaoPessoa
Toda a renda das inscrições será revertida para uma instituição de caridade da cidade.

MACEIÓ
O quê: Palestra Imigração e Estudo no Canadá
Quando: 01/09, às 19h
Onde: Maceió Mar Hotel
Inscrições: R$10,00 aqui http://bit.ly/PalestraMaceio
Toda a renda das inscrições será revertida para uma instituição de caridade da cidade.

Sistema Educacional no Canadá: Como funciona?

Fazer intercâmbio é uma experiência que cada vez mais está atingindo uma parcela mais nova de pessoas. Os pais de hoje em dia, ao verem como foi boa a sua própria experiência com intercâmbio, querem enviar seus filhos não apenas para estudar inglês, mas para cursar um ano de ensino fundamental ou médio no exterior. Você sabe como isso funciona? Seja para fazer o High School ou na hora de imigrar com os filhos para o Canadá, muitas são as dúvidas sobre como realmente funciona o sistema de ensino no país. Por isso, fizemos esse post para responder todas essas questões.

Primeira coisa: quem administra o Elementary School (equivalente ao nosso ensino fundamental) e o Secondary School, ou se preferir High School (equivalente ao nosso ensino médio), é o governo provincial, portanto algumas regras podem mudar de província para província.

Elementary School – Em algumas províncias as crianças podem iniciar a educação pré-primária aos quatro anos, antes de começar a escola primária aos seis. Ontário é a única província que possui dois níveis de Jardim de Infância (Junior e Sênior). Em outras províncias, o primeiro ano de escola “oficial”das crianças é aos 5 anos. Antes disso, as crianças podem frequentar “Day Cares”ou creches que cuidam e ensinam muito para as crianças.

High School ou Secondary School-  A educação secundária varia de acordo com a província, e a estrutura de séries também pode variar. Em Quebec, por exemplo, a educação secundária termina no 11º ano.  A educação é compulsória até os 16 anos em todas as províncias do Canadá, exceto em Ontário e New Brunswick (onde a idade é de 18 anos). Os estudantes podem continuar a frequentar as escolas secundárias até os 19-21 anos (a idade varia nas províncias).

HI16-07-BLOG-03

Por conta da carga horária do ano letivo ser praticamente o dia todo (início da manhã até o meio da tarde), as escolas secundárias oferecem muitas opções de matérias profissionalizantes, como música, teatro, fotografia, mecânica, estética, culinária, entre outras. Os alunos podem criar o seu currículo de atividades extra-classes de acordo com sua aptidão e desejo de carreira no futuro. Essas atividades contam, e muito, no currículo do aluno, na hora dele ser selecionado por uma universidade.

É obrigatório nos primeiros anos do High School o estudo das matérias tradicionais: geografia, matemática, física, química, história, etc. A partir do “Grade 11” o aluno já consegue focar na área de sua preferência e habilidades, ele tem a liberdade para escolher até o nível de dificuldade e intensidade das matérias que deverão ser estudadas no período da High School.

Ano Letivo –  O ano letivo do Canadá vai de setembro a junho, pois as férias de verão são nos meses de julho e agosto. Mas calma, os brasileiros que forem concluir seus estudos nas províncias canadenses também pode iniciar o ano letivo no mês de janeiro, assim como no Brasil. Existe também o Winter Break (recesso de inverno), também chamado de Christmas Break (recesso de Natal), de duas ou três semanas em dezembro, e um Spring Break (recesso de primavera) de uma semana em março.

Matérias cursadas no Brasil – Uma das grandes preocupações acerca dos estudos no Canadá é se dá para aproveitar as matérias cursadas no Brasil. É possível, sim! Todavia, antes de viajar é necessário conversar com a escola do Brasil para ver o que eles recomendam.

Custo – Não há custos na educação elementar e secundária para o aluno que é cidadão canadense ou permanente residente. Para todos os outros casos, o ano letivo custa em média CAD$ 10 mil a CAD$ 15.400, com duração de 10 meses. Os números parecem grandes, né? Mas se você for pensar direitinho e colocar tudo que é gasto mensalmente no Brasil com escola, inglês, esportes e outras atividades, você percebe que muitas vezes o gasto anual no Brasil é o mesmo do Canadá.

Conhece o Georgian College em Ontario?

O Georgian College fica em Barrie, província de Ontário, a cerca de uma hora mais ou menos de Toronto e duas horas de Niagara Falls.  O College é uma instituição bem tradicional que está há mais de 45 anos no mercado educacional, oferecendo cerca de 125 cursos espalhados em sete campus na região.  Sua estrutura é encantadora: bibliotecas extensas, onde você se perde em meio aos livros, e laboratórios com mais de 3.000 computadores. Todos os edifícios possuem conexão wi-fi e quadros interativos levam a tecnologia multimídia às salas de aula.

Mas não é apenas nisso que o Georgian se destaca. O College foi nomeado entre os Top 100 empregadores do Canadá pela sétima vez.  Ainda na graduação, ele é reconhecido como líder em proporcionar experiências de trabalho aos estudantes, isso tudo devido a parceria com 6.200 empregadores, o que facilita os estágios remunerados para os estudantes internacionais. Mas não fica por aí, estima-se que cerca de 87% dos graduados encontrem trabalho permanente em suas áreas de formação em até 6 meses após a graduação.

HI16-09-BLOG-01

Inglês para fins acadêmicos – Este programa permite ao estudante desenvolver as competências necessárias para ser bem-sucedido nos estudos de ensino superior, no trabalho e na vida no Canadá. Credenciado pela Languages Canadá, ele é composto de quatro níveis e está disponível tanto para estudantes canadenses quanto para estrangeiros. Cada nível é constituído por sete semanas de ensino em sala de aula, mais uma semana de “reading weeks”.

Muito além do Inglês – Nada melhor do que aproveitar e unir o estudo da língua inglesa com outras disciplinas, né? No Georgian College isso é possível e não existem pré-requisitos de idioma para participar delas,  ou seja, burocracia zero! As disciplinas são mini cursos, que tem duração de 4 a 42 horas, mas que fazem uma diferença enorme no seu aprendizado. O custo é mínimo, já que os estudantes internacionais pagam o mesmo que os estudantes canadenses: entre $80 e $400 e você pode frequentar as disciplinas em meio período aos sábados ou em tempo integral uma vez na semana por 4 meses. Então, enquanto estuda Inglês, você também poderá se inscrever numa disciplina no seu tempo livre como: Cuidados com animais; Negócios Cozinha, vinhos e bebidas; Comunicações; Artes criativas e visuais; Fitness e lazer; Agricultura; Mente, corpo e alma; entre outras.

Barrie – Barrie é a cidade onde o Georgian College fica localizado. Perfeito para os estudantes vivenciarem uma nova cultura e encontrar oportunidades para desenvolver a carreira profissional. Lá os canadenses são bem receptivos e a cidade é considerada a mais segura do Canadá, de acordo com as estatísticas no índice Nacional de Gravidade de Crimes.  O custo de vida também não é alto, é 30% inferior à Toronto. A cidade fica às margens do Lago Semcoe, sendo cercada por belíssimas praias, colinas e parques ecológicos, consagrando-se como um dos destinos mais populares de Ontário.

Podemos dizer que Barrie é uma cidade grande com ares de interior. Um local tranquilo, pequeno e com muito verde.  A vida noturna é vibrante e conta com diversas opções de restaurantes, bares e danceterias. Mas não pense que não existe vida diurna, em Barrie é possível, durante o dia, frequentar festivais de arte, música, culinária, além de parques, museus, galerias e diversas atividades de esportes, a exemplo do ecoturismo e atividades aquáticas.

Como alugar um apartamento no Canadá?

Home sweet home! Alugar um apartamento é uma grande conquista para os brasileiros que estão chegando ao Canadá, seja para ter sua independência, ou até mesmo para morar mais próximo aos estudos e trabalho. No entanto, algumas dicas são importantes para quem quer locar um apartamento em um local estruturado, bem localizado e o melhor, com um preço acessível.

 

Vamos por partes!

Preço: Não é muito diferente do Brasil. Um aluguel no Canadá custa em média CAD$ 700 (apartamento com um dormitório) a CAD$ 1,300, com dois ou mais dormitórios.

Localização: Dê preferência por apartamentos próximos a sua escola, trabalho ou estações de metrô e ônibus. Você nem imagina a diferença que isso fará no seu dia a dia, principalmente no inverno, onde o frio é grande. Apesar de repleta de transporte público, como toda grande cidade existem os grandes engarrafamentos durante os horários de pico, por isso, quanto mais perto do trabalho/escola você morar, menos trânsito pegará todos os dias.

Escolhendo o apartamento:

Existem alguns detalhes importantes no momento de escolher um imóvel:

1 – Verificar o imóvel. Você deverá preencher um verdadeiro check list, listando tudo que existe e que pode ser melhorado: Tomadas, chuveiros, aquecedores, janelas bem vedadas e fechaduras funcionando perfeitamente. Verificar se o apartamento tem infiltrações, está bem conservado, possui rachaduras. Tudo deve ser analisado antes de fechar contrato. Uma simples falta de atenção pode se transformar em uma dor de cabeça durante o período que você está lá, até mesmo após o contrato encerrar.

2 – Após o check list, observe tudo que está incluso no preço do aluguel. Aquecimento, água, eletricidade, pequenos consertos, lavanderia. Tudo deve ser visto antes da assinatura. Até mesmo quantos dias o locatário tem para fazer a manutenção de algum item que está com problema no imóvel. Além disso, veja se é permitido ter animais no apartamento, pintar as paredes e demais “regras” que o locatário pode estabelecer.

Contrato: Viu todo o apartamento direitinho? Chegou a hora de fechar o contrato. No Canadá, os alugueis costumam ter prazo mínimo de seis meses ou um ano e, em alguns casos, se costuma checar pelo seu histórico de crédito no país (se você é bom pagador). Avisamos logo para vocês ficarem preparados: muitos locadores pedem um depósito caução para aqueles que não possuem histórico de crédito, que varia entre 2 a 3 meses de aluguel adiantado que correspondem aos dois primeiros e ao último mês do contrato.

Documentos necessários: Comprovação de renda e referência de terceiros é sempre importante. Caso você seja estudante, são necessárias cópias do passaporte, da sua conta corrente e a dos seus pais ou responsáveis. Verifique também como poderá ser feito o pagamento mensalmente.

Como achar um imóvel?

Existem vários sites que ajudam na procura desses imóveis, oferecendo tabelas de preços comparativos e a opção de refinar sua busca, onde você pode informar a localização, tipo de imóvel, tamanho e quantidade de quartos de sua preferência. Listamos os principais para te ajudar nesta busca:
http://www.viewit.ca/

https://craigslist.org/

http://www.kijiji.ca/

http://www.uvrentsline.com/

http://www.rentseeker.ca/

https://rentbc.com/

Para alugueis mais curtos e imóveis já mobiliados procure também no: www.airbnb.com.br

Profissão de TI é promissora no Canadá

A primeira pergunta antes de tudo: você sabe o que faz um profissional de TI? O setor de TI vai muito além do ‘menino que trabalha no computador’, ou o ‘nerd dos jogos eletrônicos’. A área é muito ampla, podendo ser dividida em três áreas de atuação: infraestrutura, software e banco de dados. Na primeira estão analistas de suporte e administradores de redes; na segunda, programadores e desenvolvedores; na terceira, administradores de banco de dados e especialistas em servidores.

Mas não pense que para por aí. A área de TI tem várias subdivisões incorporadas a essas, e cada uma depende da outra para operar. Dentre elas estão criação de apps para celulares e até implantação de sistema de segurança, além de muitas outras. Agora que você já sabe o que faz um profissional em Tecnologia da Informação, vamos explicar por que a imigração e oferta de trabalho nesta área é sempre tão promissora no Canadá.

Canadá – Com pouco mais de 33 milhões de habitantes, o Canadá tem se mostrado um país cada vez mais interessante para os brasileiros que almejam estudar e/ ou trabalhar no exterior. Especialmente para quem é da área de Tecnologia da Informação. Segundo a revista Canadense Macleans, a área é uma das com maior oferta de empregos no país, com a profissão de Engenheiro de Software figurando entre as quatro profissões com a maior demanda de vagas.

blog-02

O que faz? Os profissionais dessa área têm como habilidade a capacidade de desenvolver códigos. Eles passam os dias a escrever trechos de código em seus computadores para desenvolver aplicações que milhões de pessoas poderiam utilizar. Um diploma de bacharel em ciência da computação ou engenharia de software é necessária.

Por causa da necessidade desses profissionais de TI, o governo canadense vem tomando medidas para atrair técnicos, engenheiros e programadores, entre outros trabalhadores da área.  Há um esforço grande do país em estimular a entrada de profissionais estrangeiros qualificados, e o Brasil é um dos alvos, já que a fama de que o brasileiro é bem preparado profissionalmente nesta área e tem facilidade para se adaptar a outras culturas atravessa fronteiras.

Pontos positivos – Um dos principais pontos positivos para quem deseja trabalhar no Canadá é que, em boa parte das empresas que buscam um funcionário na área de tecnologia da informação, não é necessário obter credenciais canadenses para exercer a profissão. Ou seja, as suas qualificações obtidas no Brasil além do seu histórico profissional são o bastante para que você consiga uma vaga no mercado de trabalho no Canadá. Outro ponto favorável é o fato de que os cursos técnicos e superiores brasileiros são bastante parecidos com os que existem no país, o que facilita a equivalência das profissões.

Analistas e consultores de sistemas da informação, técnicos de rede de computadores, analistas de banco de dados e administração de dados, engenheiros e projetistas de softwares, programadores e desenvolvedores de mídia interativa são alguns dos profissionais mais procurados pelas empresas canadenses.

blog-01

Québec em alta- Atualmente, TI é a área profissional que mais contrata na província de Québec. São mais do que 7 mil empresas empregando cerca de 170 mil profissionais trabalhando apenas com TI. Um dado que vale d
estacar é que desses profissionais 23% são imigrantes, e a estatística tende a crescer.

Toronto –  A cidade de Toronto também é um grande universo de oportunidades para os profissionais na área de TI. Segundo o relatório anual que faz o mapeamento sobre a taxa de empregos em Toronto, a área de tecnologia está no ranking dos 5 maiores setores que mais emprega na cidade.

Para quem já é formado ou para quem quer mudar de área ao morar no Canadá, a área de TI é ideal para quem tem aptidão com desenvolvimento de sistemas e computação. A Hi Bonjour oferece cursos em todo o país e nos mais variados estilos de diploma para você que quer mudar de vida no Canadá.

Onde morar em Vancouver?

Seguem abaixo os bairros e cidades próximas de Vancouver para se morar:

 

1) Downtown (West End, Yaletown, Gastown, Coal Harbour):

O West End, localizado na área de Downtown, é o mais acessível de todos os locais do centro. O West End é delimitada por Downtown, Stanley Park, e do oceano.

É o mais diversificado de todos os bairros Downtown. Uma mistura de canadenses, imigrantes e residentes temporários internacionais – jovens e velhos – oferece mais de uma comunidade se sentir a este bairro. Há uma boa mistura entre cidade-casas, duplex de, grandes casas do património e unidades de arranha-céus mais velhos, com acesso tanto para a parede do mar e Stanley Park em poucos minutos.

O West End tem sido um lugar popular para viver dentro da comunidade gay de Vancouver. Ele também possui uma mistura eclética de restaurantes de qualidade a preços acessíveis.Algumas das torres residenciais mais antigos oferecem apartamentos de 1 quarto por US $ 900 – $ 1100 e estúdio / apartamentos de solteiro (ou seja, sem quarto separado) por US $ 750 – $ 900, apartamentos de 1 quarto por US $ 900 – apartamentos $ 1100 e de 2 quartos por aproximadamente US $ 1200- $ 1600. Você também pode encontrar duplex está na faixa de US $ 500- $ 900.

Yaletown, que costumava ser um pátio ferroviário, no século 19, está situado na área Downtown Sudeste. As docas de carga ferroviária a partir desta época foram convertidas em restaurante & café pátios e armazéns foram convertidos em lofts. Seus restaurantes de luxo, boutiques, discotecas e acesso à marina False Creek fazem desta zona um parque infantil para a elite de Vancouver .É extremamente caro para alugar em Yaletown e é pobre valor para o seu dinheiro – que são essencialmente pagar para fazer parte deste bairro elegante. Um apartamento de dois cama típica (ou seja, apartamento de edifício alto) pode custar US $ 1800- $ 2500 / mês.

Gastown, uma área ao leste do centro da cidade, foi criada no mesmo ano que o Canadá se tornou uma nação. Apesar de estar em estreita proximidade com o pobre do leste Hastings Street, Gastown está atualmente experimentando um renascimento, oferecendo uma refrescante mistura de velho e novo.Durante o dia os turistas reunem para esta área para seu charme histórico, mas aqui você também vai encontrar alguns dos melhores restaurantes, bares e lojas em Vancouver. Em termos de custos de habitação, Gastown é um pouco mais razoável do que Yaletown onde um condomínio típico de 2 quartos pode custar de US $ 1700- $ 2200 / mês.

Coal Harbour, representa o leste norte da área residencial Downtown. Esta é uma área extremamente rica povoada principalmente por profissionais mais velhos e aposentados. É constituída por unidades do condomínio de arranha-céus com muito acesso próximo à parede do mar e marina ao norte. Preços de aluguel são cerca de US $ 1600- $ 2500 / mês para um apartamento de 2 quartos.

 

2) Kitsilano:

É um bairro no West Side da cidade de Vancouver. É popular porque é forrado com duas das praias mais famosas de Vancouver , Kits Beach e Jericho Beach, e tem excelentes vistas da cidade e as montanhas de North Shore. Kits é um centro de atividades durante os meses de verão. Este bairro é o lar de muitos yuppies , famílias jovens e estudantes , bem como estúdios de ioga , mercados orgânicos , cafés e Greektown de Vancouver. O aluguel é muito caro torno da área de Kits Beach, mas os preços diminuem rapidamente como você ir para o oeste em direção UBC ou sul abaixo West Broadway Street. Por estas razões , há uma grande variação nos preços de aluguel com um quarto em uma casa 2-3 quarto alugar por cerca de US $ 550- $ 850 / mês , dependendo da área .

 

3) East Vancouver (Main Street, Commercial Drive):

A leste de Vancouver (ou East Van como o seu carinhosamente chamado) abrange a área leste de Main Street. Você não vai querer viver na área de Downtown imediatamente ao leste da Main Street (esta área, East Hastings ou Downtown Eastside, é conhecida por ser o bairro mais pobre no Canadá), mas mais a leste você vai encontrar, bairros ecléticos interessantes com aluguer preços razoáveis.  Main Street, que corre para o sul de Gastown e Downtown Eastside através de Chinatown, é uma meca da moda, arte e lojas de design, bem como uma área diversificada e acessível para mantimentos, restaurantes e cafés. Este é de Vancouver para lugar para artistas e designers locais.

Commercial Drive, conhecido como “The Drive” é uma área em East Van que fica próximo ao centro, facilmente acessível ao transporte público e tem uma unida, a comunidade se sentir com aluguéis acessíveis. Este bairro é uma mistura de residencial e comercial com uma alta proporção de restaurantes étnicos e vegetarianos, empresas e habitação social. Ele tem sido o destino para as gerações de imigrantes para Vancouver e tem asiáticos, latino-americanos, de origem indiana, e africanos comunidades significativas italiano. Se você estiver olhando para viver em uma casa com um quintal, este é o bairro para você, mas esteja ciente de que muitas das casas de aluguer são divididos em vários quartos e você provavelmente terá que dividir a casa. aluguel típico é cerca de US $ 500-700 por quarto.

 

4) South Granville:

Localizado ao sul da baixa através da ponte Granville Street, oferece excelentes transportes públicos , com linhas de autocarros expresso em execução para a Universidade de British Columbia , East Vancouver e além e do aeroporto.Ligeiramente rendas mais acessível do Downtown com uma grande variedade de bares e restaurantes. É apenas 5 minutos de ônibus centro e 10-15mins caminhada para Granville Island ( uma ilha no meio da cidade, com restaurantes beira-mar , teatros, galerias , estúdios e um mercado de alimentos frescos: o Granville Island Public Market ) .

 

5) City of Burnaby:

É uma cidade própria, faz fronteira Vancouver para o leste e , como tal, é muito acessível para Downtown Vancouver via de trânsito . Como grande parte da Grande Vancouver, Burnaby tem grandes comunidades étnicas e imigrantes. O aluguel é muito mais acessível nesta área e oferece excelentes transportes públicos . O sistema de trânsito rápido SkyTrain cruza Burnaby de leste a oeste em dois locais: a Linha Expo cruza o sul ao longo Kingsway ea Linha Millennium segue Lougheed estrada.

 

6) North Vancouver: 

É muito mais um bairro família orientada , mas rendas mais baratas e de fácil acesso para as montanhas North Shore para andar de bicicleta e snowboard está se tornando cada vez mais popular entre os recém-chegados. Muitas pessoas que trabalham nas montanhas locais tendem a permanecer neste bairro.Há uma ampla gama de alojamento e serviços a ser encontrado e em torno Lonsdale Avenue , que corre para o norte a partir do terminal seabus , juntamente Marine Drive, a principal rota leste-oeste e em Lynn Valley Village , localizado aprox. 30 minutos ao norte da beira-mar . Transporte para o centro é através da SeaBus (folhas para o centro a cada 15 minutos no pico , ou a cada 30 minutos off-peak ) ou serviço de ônibus.

 

7) University of British Columbia (UBC):

Localizado no ponto mais ocidental do Vancouver, da Universidade de British Columbia (UBC) está localizado a 10 km do centro da cidade . A área é universitária com quase 1000 acres e casas de quase 35.000 estudantes . Oferece excelente acesso ao transporte público e muitas praias locais ( Wreck , os bancos espanhóis ) . Esta área tem-se revelado extremamente popular entre os estudantes.

 

8) Kerrisdale: 

É um bairro sul de Kits onde vários idosos de Vancouver se aposentam em condomínios highrise. As lojas são pitorescos e voltado para os idosos. No entanto, esta área oferece acomodações de aluguela preços acessíveis em ambos os apartamentos e casas e é popular entre os estudantes UBC pela proximidade com a Universidade. Você pode chegar à área de Kits em 15-20 minutos e para o centro em 25-30 minutos através de transportes públicos.

 

9) South Vancouver (Marple):

Localizado mais ao sul para além 49th St , a área de Marpole  é bem servida por transportes públicos ao longo Oak e Granville St. Esta área é muito mais orientada para a família ( e, como resultado , não muito em termos de bares ou restaurantes ) do que outros bairros de Vancouver, mas em troca você tem quartos maiores, com quintais, ótimo para um grupo de pessoas que procuram  alugar uma casa com vários quartos .