Canadá | Pontos importantes para garantir a aprovação do visto de estudante

O Canadá tem sido cada vez mais procurado por estudantes por ser receptivo à imigração, por ter ótima qualidade de vida, uma economia forte e instituições de ensino de alta qualidade. Porém, a solicitação do visto de estudante atende a uma série de procedimentos e, para ter sucesso na aplicação, é preciso ficar atento às regras e fazer tudo com antecedência e planejamento.

Um dos pontos a serem analisados é o propósito dos seus estudos que tem ser coerente com sua experiência anterior e com sua história de vida. Sendo assim, um pedido de visto para um curso que esteja ligado ao seu background tem mais chances de ser aprovado. A empregabilidade também é um dos fatores que passam por análise. Por exemplo, quem se manteve em um mesmo emprego por um bom tempo ou que, no momento da aplicação, não está desempregado por um longo período tem uma maior chance de ter uma resposta positiva. Os históricos de viagens e de saúde também são considerados. Caso já tenha viajado para fora do país e não tenha ficado além do tempo permitido, é um requisito que pode favorecer o seu pedido. Já em relação à saúde, pessoas com complicações médicas podem ter problemas no processo.

A comprovação financeira é um tópico fundamental e de extrema importância para a aplicação para o visto de estudo canadense. O governo pede que você comprove que tem condições financeiras de se manter no Canadá e pagar seus estudos, mesmo no caso de não conseguir um trabalho no país. Então, existem dois valores que precisam ser comprovados, sendo o primeiro deles o equivalente a, pelo menos, o primeiro ano de taxass da instituição onde você pretende estudar.

Além disso, é também necessário comprovar que você tem reserva financeira suficiente para se manter no país, cobrindo os gastos de aluguel, transporte, alimentação e etc. Esse valor varia de acordo com a quantidade de pessoas envolvidas na aplicação. O valor mínimo que é preciso ser comprovado é de cerca de dez mil dólares para uma pessoa solteira, já se for um casal (sem filhos), é necessário comprovar catorze mil e, caso tenham filhos, mais três mil dólares para cada dependente. Esses valores não são válidos para a província do Quebec, para saber mais sobre a comprovação financeira dessa província, clique no link: http://bit.ly/1YFkSJc

É essencial enviar não apenas comprovação bancária da existência desse dinheiro, mas também a declaração do Imposto de Renda para que a aplicação para o visto seja bem consistente e as chances de uma resposta positiva sejam maiores. Normalmente, é recomendado que se apresentem extratos bancários dos últimos quatro meses. É importante ressaltar que há a possibilidade de ter um ‘sponsor’ financeiro para a aplicação, mas que seja alguém da família e essa pessoa precisa escrever uma carta e apresentar os mesmos documentos relativos à comprovação financeira.

Mais detalhes sobre aplicação para o visto canadense, acesse o site oficial do governo: http://www.cic.gc.ca/english/study/study-how.asp.

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Deixe um comentário

Chat via Whatsapp
Send via WhatsApp