Vai estudar no Canadá? Não esqueça do seguro-saúde!

Quem pensa em cursar um College ou curso de idiomas no Canadá precisa estar atento à contratação de um seguro saúde. Afinal, as instituições de ensino exigem a comprovação do seguro antes mesmo do início do curso ou, no máximo, nos primeiros dias de aula.

Os serviços de saúde pública no país são reservados aos cidadãos, residentes permanentes e pessoas com visto de trabalho (e trabalhando!)  e por isso possuem altos custos para quem não tem direito gratuitamente – uma simples consulta por chegar a $350 – e você nunca sabe quando poderá precisar. Por isso, antes de viajar a melhor opção é escolher o seguro que melhor se adequa às suas necessidades, levando em conta algumas questões importantes:

  • Antes de contratar o seu seguro, busque informações sobre os diferentes tipos de planos oferecidos: alguns deles possuem cobertura limitada e outros dispõem de serviços adicionais com valores que, muitas vezes, variam bastante. Estes serviços adicionais podem incluir itens como cancelamento da viagem, repatriação e até assistência jurídica;
  • Esteja atento ao tempo de duração do seguro: para estudantes de Colleges, um ano é o tempo máximo para contratação do seguro, que deve ser renovado durante todo o tempo do curso;
  • Os valores e condições dos planos são diferentes para estudantes e turistas. Procure saber qual é mais indicado ao seu caso;
  • É importante também verificar se o seguro-saúde possui cobertura para a prática de esportes, incluindo esportes de inverno. Lembre-se que na maioria das cidades do Canadá esta época do ano possui temperaturas bastante rigorosas;
  • Se você tem planos de engravidar (ou não quer descartar essa possibilidade estando no país) é importante ter a certeza que o seu seguro saúde cobrirá todas as despesas médicas relativas a isso.
  • Antes de viajar faça um check-up completo. É sempre melhor prevenir do que remediar;
  • Se o seguro escolhido por você funcionar através de sistema de reembolso, lembre-se que será necessário guardar todos os recibos de serviços de saúde que porventura sejam utilizados;
  • Não deixe para depois! O melhor a fazer é sair do seu país de origem com todas as questões relacionadas ao seguro-saúde resolvidas.

 

A Hi Bonjour pode ajudar você a escolher a melhor opção de seguro-saúde e aproveitar a viagem com tranquilidade. Trabalhamos com seguradoras brasileiras e canadenses com preços a partir de $1,45 o dia. Fala com a gente!

Mercado de trabalho na província de Manitoba

Manitoba, província canadense, tem um ótimo padrão de vida, crescimento econômico constante, indústria diversificada e índice de empregabilidade altíssimo. E como era de se esperar: está precisando de trabalhadores qualificados de tenham domínio de inglês.

A necessidade por trabalhadores é tanta que existe um programa de imigração próprio do Governo de Manitoba, que seleciona trabalhadores qualificados de profissões específicas em falta na região. Desta forma, agiliza a aquisição do visto permanente de residência canadense, não só do trabalhador como da família. Para saber mais sobre o programa, é só acessar nossa área de links úteis aqui no site.

 

TRABALHE EM MANITOBA – Uma pesquisa recente divulgou algumas das profissões com grande demanda no Canadá e suas províncias, principalmente Manitoba. São elas:

Enfermagem: Profissional dedicado a promover, manter e restabelecer a saúde das pessoas, trabalhando em parceria com outros profissionais. Este profissional é indispensável em hospitais, trabalha em clínicas e presta atendimento domiciliar. Coleta dados sobre o estado de saúde do paciente e define a conduta a ser seguida pela equipe de enfermagem.

10.260 novos empregados só em 2016.

Salário médio inicial: CAD$62,500 anual ou CAD$5,208 por mês

Marketing: Um administrador de negócios especializado em aumentar as vendas. O profissional detecta e aproveita as oportunidades de mercado, atrai o consumidor e atende às necessidades do cliente.

4.450 novos empregados só em 2016.

Salário médio inicial: CAD$ 47.900 anual ou CAD$3.999 por mês

Tecnologia da Informação:  O setor de TI se divide em três áreas de atuação- infraestrutura, software e banco de dados. Na primeira estão analistas de suporte técnico e administradores de redes; na segunda, programadores e desenvolvedores; na terceira, administradores de banco de dados e especialistas em servidores.

6.750 novos empregados só em 2016.

Salário médio inicial: CAD$58.200 anual ou CAD$4.850 por mês.

 

BRASILEIROS E EMPREGOS NO CANADÁ – Quando se fala em imigração e oportunidade de emprego o brasileiro tem lá suas vantagens, pelo menos em se tratando de Canadá e suas províncias. Por sermos bem preparados profissionalmente e termos facilidade em nos adaptar a novas culturas, terminamos sendo o profissional em potencial para as empresas no Canadá.

E as vantagens desse âmbito não acabam por aí, comparados a outras nações, o brasileiro ainda tem uma grande facilidade em aprender o francês, devido a nossa língua latina cheia de sons nasais. Pensa que acabou por aí? Ainda temos como ponto favorável os nossos cursos superiores e técnicos, que são bem parecidos com os que existem pelo Canadá.

Conhece o Georgian College em Ontario?

O Georgian College fica em Barrie, província de Ontário, a cerca de uma hora mais ou menos de Toronto e duas horas de Niagara Falls.  O College é uma instituição bem tradicional que está há mais de 45 anos no mercado educacional, oferecendo cerca de 125 cursos espalhados em sete campus na região.  Sua estrutura é encantadora: bibliotecas extensas, onde você se perde em meio aos livros, e laboratórios com mais de 3.000 computadores. Todos os edifícios possuem conexão wi-fi e quadros interativos levam a tecnologia multimídia às salas de aula.

Mas não é apenas nisso que o Georgian se destaca. O College foi nomeado entre os Top 100 empregadores do Canadá pela sétima vez.  Ainda na graduação, ele é reconhecido como líder em proporcionar experiências de trabalho aos estudantes, isso tudo devido a parceria com 6.200 empregadores, o que facilita os estágios remunerados para os estudantes internacionais. Mas não fica por aí, estima-se que cerca de 87% dos graduados encontrem trabalho permanente em suas áreas de formação em até 6 meses após a graduação.

HI16-09-BLOG-01

Inglês para fins acadêmicos – Este programa permite ao estudante desenvolver as competências necessárias para ser bem-sucedido nos estudos de ensino superior, no trabalho e na vida no Canadá. Credenciado pela Languages Canadá, ele é composto de quatro níveis e está disponível tanto para estudantes canadenses quanto para estrangeiros. Cada nível é constituído por sete semanas de ensino em sala de aula, mais uma semana de “reading weeks”.

Muito além do Inglês – Nada melhor do que aproveitar e unir o estudo da língua inglesa com outras disciplinas, né? No Georgian College isso é possível e não existem pré-requisitos de idioma para participar delas,  ou seja, burocracia zero! As disciplinas são mini cursos, que tem duração de 4 a 42 horas, mas que fazem uma diferença enorme no seu aprendizado. O custo é mínimo, já que os estudantes internacionais pagam o mesmo que os estudantes canadenses: entre $80 e $400 e você pode frequentar as disciplinas em meio período aos sábados ou em tempo integral uma vez na semana por 4 meses. Então, enquanto estuda Inglês, você também poderá se inscrever numa disciplina no seu tempo livre como: Cuidados com animais; Negócios Cozinha, vinhos e bebidas; Comunicações; Artes criativas e visuais; Fitness e lazer; Agricultura; Mente, corpo e alma; entre outras.

Barrie – Barrie é a cidade onde o Georgian College fica localizado. Perfeito para os estudantes vivenciarem uma nova cultura e encontrar oportunidades para desenvolver a carreira profissional. Lá os canadenses são bem receptivos e a cidade é considerada a mais segura do Canadá, de acordo com as estatísticas no índice Nacional de Gravidade de Crimes.  O custo de vida também não é alto, é 30% inferior à Toronto. A cidade fica às margens do Lago Semcoe, sendo cercada por belíssimas praias, colinas e parques ecológicos, consagrando-se como um dos destinos mais populares de Ontário.

Podemos dizer que Barrie é uma cidade grande com ares de interior. Um local tranquilo, pequeno e com muito verde.  A vida noturna é vibrante e conta com diversas opções de restaurantes, bares e danceterias. Mas não pense que não existe vida diurna, em Barrie é possível, durante o dia, frequentar festivais de arte, música, culinária, além de parques, museus, galerias e diversas atividades de esportes, a exemplo do ecoturismo e atividades aquáticas.

Como alugar um apartamento no Canadá?

Home sweet home! Alugar um apartamento é uma grande conquista para os brasileiros que estão chegando ao Canadá, seja para ter sua independência, ou até mesmo para morar mais próximo aos estudos e trabalho. No entanto, algumas dicas são importantes para quem quer locar um apartamento em um local estruturado, bem localizado e o melhor, com um preço acessível.

 

Vamos por partes!

Preço: Não é muito diferente do Brasil. Um aluguel no Canadá custa em média CAD$ 700 (apartamento com um dormitório) a CAD$ 1,300, com dois ou mais dormitórios.

Localização: Dê preferência por apartamentos próximos a sua escola, trabalho ou estações de metrô e ônibus. Você nem imagina a diferença que isso fará no seu dia a dia, principalmente no inverno, onde o frio é grande. Apesar de repleta de transporte público, como toda grande cidade existem os grandes engarrafamentos durante os horários de pico, por isso, quanto mais perto do trabalho/escola você morar, menos trânsito pegará todos os dias.

Escolhendo o apartamento:

Existem alguns detalhes importantes no momento de escolher um imóvel:

1 – Verificar o imóvel. Você deverá preencher um verdadeiro check list, listando tudo que existe e que pode ser melhorado: Tomadas, chuveiros, aquecedores, janelas bem vedadas e fechaduras funcionando perfeitamente. Verificar se o apartamento tem infiltrações, está bem conservado, possui rachaduras. Tudo deve ser analisado antes de fechar contrato. Uma simples falta de atenção pode se transformar em uma dor de cabeça durante o período que você está lá, até mesmo após o contrato encerrar.

2 – Após o check list, observe tudo que está incluso no preço do aluguel. Aquecimento, água, eletricidade, pequenos consertos, lavanderia. Tudo deve ser visto antes da assinatura. Até mesmo quantos dias o locatário tem para fazer a manutenção de algum item que está com problema no imóvel. Além disso, veja se é permitido ter animais no apartamento, pintar as paredes e demais “regras” que o locatário pode estabelecer.

Contrato: Viu todo o apartamento direitinho? Chegou a hora de fechar o contrato. No Canadá, os alugueis costumam ter prazo mínimo de seis meses ou um ano e, em alguns casos, se costuma checar pelo seu histórico de crédito no país (se você é bom pagador). Avisamos logo para vocês ficarem preparados: muitos locadores pedem um depósito caução para aqueles que não possuem histórico de crédito, que varia entre 2 a 3 meses de aluguel adiantado que correspondem aos dois primeiros e ao último mês do contrato.

Documentos necessários: Comprovação de renda e referência de terceiros é sempre importante. Caso você seja estudante, são necessárias cópias do passaporte, da sua conta corrente e a dos seus pais ou responsáveis. Verifique também como poderá ser feito o pagamento mensalmente.

Como achar um imóvel?

Existem vários sites que ajudam na procura desses imóveis, oferecendo tabelas de preços comparativos e a opção de refinar sua busca, onde você pode informar a localização, tipo de imóvel, tamanho e quantidade de quartos de sua preferência. Listamos os principais para te ajudar nesta busca:
http://www.viewit.ca/

https://craigslist.org/

http://www.kijiji.ca/

http://www.uvrentsline.com/

http://www.rentseeker.ca/

https://rentbc.com/

Para alugueis mais curtos e imóveis já mobiliados procure também no: www.airbnb.com.br