CURRÍCULO CANADENSE: Como chamar a atenção dos recrutadores?

Imigrar para o Canadá é uma escolha desafiadora, especialmente quando avaliamos o impacto em nossa vida profissional. Diante de uma realidade de mercado de trabalho totalmente diferente da que estamos acostumados no Brasil, como nos adaptar? A busca por emprego no Canadá exige dedicação, mas é extremamente possível e promissora. Mas qual o impacto que o nosso currículo tem em conseguir uma oportunidade? Quais as diferenças do currículo brasileiro para o canadense? As respostas para essas perguntas podem expandir a sua mente e te mostrar o caminho para atingir os seus objetivos profissionais.

É imprescindível saber que o candidato deve adaptar o currículo para cada vaga a ser aplicada. A construção de um currículo adequado pode ser crucial para alcançar o emprego tão esperado no mercado de trabalho canadense. A mudança de mentalidade é essencial para atingir o sucesso desejado na busca por uma oportunidade. O primeiro passo para isso é manter-se informado e entender as principais diferenças entre os currículos brasileiro e canadense. As empresas no Canadá buscam profissionais qualificados e costumam identificá-los observando o currículo inicialmente por menos de dez segundos. Sendo assim, é possível perceber a importância de elaborar um currículo simples, objetivo, organizado e consistente.

É importante entender que no Canadá a atenção das empresas é voltada totalmente para suas qualificações e para o seu perfil profissional. Os recrutadores estarão interessados apenas em informações relevantes para o trabalho, ou seja, informações pessoais não devem ser fornecidas, como idade, estado civil ou quantidade de filhos, por exemplo, ou até mesmo sua foto. Inclusive existem leis canadenses que protegem o candidato contra qualquer tipo de descriminação durante o processo seletivo.

A estrutura do currículo canadense, por sua vez, também é bastante diferente. Existem três tipos de currículo: Cronológico, em que são destacadas as suas experiências profissionais; funcional, geralmente indicado para aqueles que não possuem muita experiência e preferem focar nas habilidades; e o combinado, que reúne elementos de ambos os modelos. A estrutura pode variar, mas em geral é composta pelo cabeçalho, objetivo, destaques das qualificações, experiências e formação acadêmica. Além disso, não é recomendável a inclusão de contatos de referência, apenas se for solicitado pela empresa.

Concluímos então que o currículo canadense possui diversas especificações que devem ser avaliadas durante a sua construção. Uma importante recomendação é o foco nas palavras chaves encontradas na descrição do cargo que o candidato está buscando, visto que isto aumentará as possibilidades de o currículo ser destacado para o recrutador. Além disso, é importante lembrar que o currículo, se possível, deve ter uma ou no máximo duas páginas de comprimento. O processo de elaboração do currículo canadense e a busca por oportunidades de emprego exigem atenção e dedicação aos detalhes. Então como recomendação final sugiro que o candidato busque o máximo de informação e aperfeiçoamento possível para o aumento de sua efetividade. O sucesso está mais próximo do que você imagine e suas conquistas serão extremamente gratificantes. Por que não começar agora? O Canadá te espera para concretizar seus planos!

Artigo escrito por Juliana Barros – Human Resources Professional 

Instagram: @julianabarroshr | LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/julianabarroshr/

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Deixe um comentário

Chat via Whatsapp
Send via WhatsApp