Lara-Holanda-700px

Lara Holanda

Sempre quis fazer um intercâmbio e, como estava com dinheiro suficiente para passar dois meses fora, comecei a procurar para onde iria. Escolhi Montreal apenas por uma questão de custo-benefício. Antes, nunca havia tido interesse no Canadá: conhecia quase nada do país, achava muito distante e o fato de ser na América do Norte e próximo aos EUA me incomodava. Entretanto, não gostaria de ir para a Europa num período tão conturbado, com uma onda de xenofobia, etc e tal. Achava a Austrália muito mais distante e mais cara… Montreal surgiu em minhas buscas como um lugar com um custo de vida OK e com coisas que mais desejo numa cidade: qualidade de vida, muitas atividades culturais e artísticas, parques, um lugar cheio de vida. Poderia ter ido para uma cidade canadense anglófona, mas não queria passar dois meses num interior fofo nem numa megacidade. Como também desejo aprender francês no futuro, em Montreal eu escutaria muito francês, enquanto melhorava meu inglês.

Entre julho e setembro de 2016, descobri que MTL é muito melhor do que eu havia planejado: uma cidade com vida própria, mesmo sendo cosmopolita. Uma cidade pequena, mas que é grande. Que tem muitos problemas e diferenças culturais, mas que tem muitas coisas boas e curiosas. É uma cidade de estrangeiros, mas é muito canadense! E os canadenses são extremamente amáveis, educados. Montreal me mostrou um verão que chegava a ser mais quente que o Recife em alguns dias, enquanto me apavorava e me excitava com a ideia de um inverno rigoroso que eu nem sequer vivenciaria. Em que outro lugar do mundo eu iria para festivais de países africanos, do Haiti, dos povos autóctones da América? Comeria aquela gororoba que é o poutine? Beberia tantos litros de café fraco até descobrir que o Tim Hortons é uma delícia? Faria tantos amigos coreanos, japoneses, canadenses e também brasileiros?! Em que outro lugar do mundo você é recebido com um “Bonjour, Hi”?! MTL me conquistou e agora só penso quando visitarei novamente aquela cidade tão encantadora e mais do Canadá.

Quando decidi que iria para MTL, uma colega me indicou a Hi Bonjour e pedi indicação a outros conhecidos, até que decidi fechar com a agência e desde o começo percebi que estava diante de pessoas comprometidas, sérias, que demonstravam prazer em ajudar outras pessoas em ter uma experiência maravilhosa. E foi assim até o fim da minha viagem. A Hi Bonjour sempre disponível, atenciosa, com uma equipe gentil, educada e que resolveu tudo sempre!

Lara Holanda
Jornalista e bacharelanda em História, Recife, PE
Chat via Whatsapp
Send via WhatsApp