Instituições Canadenses iniciam retomada das aulas presenciais

            Após meses de fechamento, as instituições de ensino canadense começam a reabrir suas portas com uma série de  novas medidas que visam manter a segurança e o bem estar dos alunos. Os colleges, as universidades e as escolas (primárias, secundárias e de idiomas) passam a receber seus estudantes de volta neste mês de setembro. O governo determinou uma série de diretrizes a serem seguidas e algumas províncias ainda adicionaram medidas específicas. Apesar da autorização de reabertura, não são todas as instituições que vão reabrir as portas para aulas presenciais ao mesmo tempo.

            Mesmo com o retorno, os colleges seguem com aulas online de alguns programas, com exceção dos programas cujo a grade curricular exige matérias práticas. Para esses, foram feitas alterações nos cronogramas visando diminuir a quantidade de alunos no campus de uma única vez, com horários diferentes de aulas para que todos tenham a chance de estar em classe para as aulas práticas e para os exames. Além disso, estudantes internacionais impossibilitados de viajar para o Canadá neste momento, mas que receberam “pre-approval” para começar os programas online continuarão tendo aulas de maneira virtual, se for o caso de um programa que está sendo oferecido 100% dessa maneira para a sessão do Outono/20. Vale ressaltar que algumas escolas de idioma, mesmo com a retomada de aulas presenciais, também seguem oferecendo seus programas online. 

Com um processo de triagem exigido para entrar em edifícios, máscaras obrigatórias e protocolos de segurança extras em vigor, as instituições que estão reabrindo precisaram ser autorizadas pelas autoridades locais de saúde e demonstrar que estão seguindo as diretrizes estabelecidas por cada localidade. Sendo assim, foram implementados novos protocolos de limpeza, foi reduzido o número de funcionários trabalhando presencialmente e também o número de alunos em salas de aula, além de limitação de pessoas com acesso aos locais e setas com a orientação da direção para andar nos ambientes. 

Algumas das recomendações do Governo do Canadá para as instituições de ensino  são:

  • Distanciamento físico, com ambientes de estudos respeitando a distância de 1 ou 2 metros. 
  • Uso obrigatório de máscara
  • Disponibilização de álcool em gel em diferentes localidades e de fácil acesso
  • Disponiblização de informações básicas sobre como reconhecer os sintomas da  COVID-19 antes da chegada e durante as atividades na instituição.
  • Os alunos, professores e funcionários são encorajados a monitorar sua saúde diariamente para sintomas de COVID-19 e fazer o teste se desenvolverem sintomas.
  • O corpo docente e a equipe devem ficar atentos aos alunos quanto a quaisquer sinais de COVID-19 e isolar os alunos que estão doentes e seguir o protocolo estabelecido para notificar autoridade de saúde pública local.
  • Os alunos são encorajados a monitorar sua própria saúde e isolar-se em caso de doença.
  • Os alunos, funcionários e professores devem receber instruções adequadas sobre como procurar atendimento médico e notificar à instituição caso seja necessário.
  • As escolas pós-secundárias devem determinar a capacidade da instituição para desenvolver e implementar triagem e atividades de teste para COVID-19. 
  • Garantir que a instituição tenha revisado os planos de retomada com a autoridade de saúde pública local.  

Assista nesse vídeo AQUI as novas medidas de algumas escolas de idiomas para garantir a saúde e o bem estar dos estudantes. Abaixo algumas fotos das novas medidas que estão sendo implantadas nas instituições.

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Deixe um comentário

Chat via Whatsapp
Send via WhatsApp