O mercado de trabalho em British Columbia

Mudar de país envolve bastante pesquisa de diversos aspectos e principalmente, quando se trata de um país grande como o Canadá. Um dos principais pontos que é levado em consideração na escolha da província é a empregabilidade local. A província de British Columbia tem um mercado de trabalho que segue em ascensão, tendo a segunda menor taxa de desemprego do país e que precisa da mão de obra internacional qualificada para suprir a demanda de vagas de emprego.

No último relatório do governo provincial, divulgado em 2019, as prospecções mostram que devem ser criadas mais de 800 mil novas vagas de emprego até 2029. Mais de três quartos dessas vagas exigirão alguma forma de ensino e treinamento pós-secundário. O preenchimento dessas vagas futuras envolverá várias fontes de mão-de-obra, entre elas estão jovens entrando na força de trabalho pela primeira vez que ocuparão 56% delas, novos imigrantes que preencherão 31% dessas vagas e trabalhadores provenientes de outras partes do Canadá.

B.C. e suas regiões econômicas oferecem uma variedade de oportunidades de emprego. As oportunidades diferem de região para região, pois cada área tem sua economia e mercado de trabalho com condições particulares. A região costeira que abrange a Ilha de Vancouver com sua localização cênica e clima ameno tem vivenciado, nos últimos anos, a procura de muitos jovens pela área. Essa busca deixou o mercado imobiliário competitivo no sudoeste do continente e, consequentemente, a taxa geral de participação na força de trabalho aumentou nos últimos anos. Cerca de 16% dos trabalhadores de B.C. estão empregados nesta região. 

Devido à maior proporção de aposentados, as áreas de Saúde, Assistência Social, Atacado e as indústrias de comércio e varejo têm sido dominantes setores para o emprego. No período 2019-2029, a região econômica da costa de BC deve ter cerca de 143 mil vagas de emprego, das quais 74% serão para substituir trabalhadores aposentados. Na previsão de 10 anos, os setores que devem crescer mais rápido na região devem ser: sistemas de computação, atividades de suporte para transporte, cinema e enfermagem. Isso reflete a mudança na demografia dos jovens em movimento a uma população mais velha.

Cinco indústrias vão responder por cerca de metade do total dessas vagas projetadas.

São elas:  Saúde e Assistência Social: 16,5% do total de vagas

Serviços Profissionais, Científicos e Técnicos: 11,5% do total de vagas

Comércio varejista: 9,4% do total de vagas

Hotelaria e Serviços de Alimentação: 7,3% do total de vagas

Serviços Educacionais: 7% do total de vagas

https://lh3.googleusercontent.com/BSwGX2s-bEylxB1UggEEvak5NLF51PUaTqRiLFLD1dTFB2J6Au_bQNoGGCPwxDfd0TvHMOkkitBn4qMtmDF6D4ot6SOFULx2Xe4ugv4nt3CWh5uUiqD-qIJaFcgctjl23JmkOwp8

A área médica deve vivenciar o maior aumento de vagas de emprego nos próximos 10 anos, pois 58% dessas vagas surgirá da necessidade de substituir trabalhadores aposentados, enquanto o restante será resultado da expansão do sistema de saúde em resposta às crescentes necessidades médicas de uma população em envelhecimento.

O sistema nacional de classificação profissional (NOC) agrupa toda a força de trabalho em 10 grandes categorias ocupacionais. Em B.C., aproximadamente três quartos (74,6%) das vagas previstas para os próximos 10 anos devem estar entre os cinco principais grupos ocupacionais e mais da metade (50,6%) dos empregos esperados deverá estar entre os três principais grupos. 

– Vendas e serviços: 20,4% do total de vagas

– Business, Finanças e Administração: 15,9% do total de vagas

– Gerenciamento: 14,2% do total de vagas

– Operadores de Comércio, Transporte e Equipamentos: 12,3% do total de vagas

– Educação, Direito e Social, Comunidade e Serviços governamentais: 11,7% do total de vagas

Outro dado importante é que 77% das vagas de emprego em B.C., nos próximos 10 anos, vai exigir algum nível de ensino ou formação pós-secundária. Seja diploma, certificado ou treinamento de aprendizagem; ou ainda diplomas de bacharel, pós-graduação ou profissional. Uma importante chance para aqueles que planejam migrar para a província dando o primeiro passo através dos estudos em um college canadense.

Principais profissões em demanda

Espera-se que uma variedade de indústrias tenha milhares de vagas de trabalho pelos próximos anos. Abaixo uma lista com a quantidade de vagas previstas para os próximos anos e a média salarial:

  • Enfermeiros: cerca de 20 mil vagas | Salário inicial: 25/hora
  • Professores de Ensino Fundamental: cerca de 11.500 vagas | Salário inicial: 20/hora
  • Contadores: cerca de 10.400 vagas | Salário inicial: 17.31/hora
  • Analista de Sistema de Informação: cerca de 7.600 vagas | Salário inicial: 26/hora
  • Programadores e desenvolvedores: cerca de 6 mil vagas | Salário inicial: 20/hora
  • Profissionais da área financeira: cerca de 5.300 vagas | Salário inicial: 20/hora
  • Gerentes financeiros: cerca de 4 mil vagas | Salário inicial: 22/hora
  • Profissionais da área de Business: cerca de 8 mil vagas | Salário inicial: entre 18 e 22/hora

A tabela e o relatório completos estão disponíveis no relatório oficial do governo de British Columbia, nesse link AQUI.

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Deixe um comentário

Chat via Whatsapp
Send via WhatsApp