Quando me tornei canadense – O passo a passo da cidadania no Canadá

Por Thaís Tibiriçá

 

Lembro até hoje o dia que meu marido e eu fizemos nossa entrevista para o CSQ em São Paulo. Na época, o governo do Quebec tinha escritório no Brasil.  A oficial atrasou por causa de um voo cancelado em Bueno Aires, e isso só nos ajudou a ficarmos ainda mais nervosos. E sabe como é, todos os nervos ficam aflorados nestes momentos. A entrevista foi um sucesso e o com o nosso CSQ (Certificado de Seleção do Quebec) emitido, partimos para dar entrada no processo federal. Chegamos em Montreal, doze meses antes da residência permanente ser emitida, porque meu marido conseguiu uma bolsa de estudo na Universidade. E durante um ano vivemos como muitos de nossos estudantes vivem hoje: um estudando e outro trabalhando.

Fernando e eu antes de começar a cerimônia

E lá se foram seis anos de muito estudo, meu marido que sabe 🙂 , muito trabalho, muitas conquistas, muita saudade da família. E sem dúvida, muitas viagens e muito aprendizado. Estes seis anos voaram e quando vi já estávamos na etapa de cidadania, enfim o último degrau desta jornada. Eu peguei a mudança de lei da cidadania, quando era necessário estar a 4 anos vivendo no Canadá dentro dos últimos 6. Então tive que esperar dar exatamente 4 anos em dias, e não pude contar o tempo como residente temporária. A lei já mudou de novo e está mais favorável para residentes temporários. Em março de 2017 todos os documentos estavam prontos e aplicamos para a cidadania, em junho fizemos nosso teste (uma prova de conhecimentos sobre o Canadá e um teste de proficiência em inglês ou francês) e em dezembro juramos a rainha (cerimônia oficial). Foram 10 meses num total entre a entrada do nosso processo e a finalização. Os passaportes chegaram em casa na primeira semana de janeiro de 2018. uhuuu!

 

O processo de cidadania é composto de 3 etapas:

1) Preenchimentos dos formulários + organização da documentação solicitada pelo governo.  Se você não estudou no Canadá terá que fazer um teste de proficiência de inglês ou francês e atingir uma nota mínima. Fica tranquilo que a nota é realmente mínima.

2) Teste de cidadania. Você deverá baixar o livro “Discover Canada” para estudar. E tem que estudar! Pois são 20 questões e você só pode errar 5, se errar mais terá que refazer e isto atrasará seu processo. Então, sente e estude,

3) Cerimônia de Cidadania. Tem que jurar a Rainha, esta é a última etapa, a rainha do Canadá é nada menos que a Rainha Elizabeth II da Inglaterra, pois o Canadá faz parte da Commonwealth.

 

Você só oficialmente se torna canadense no dia da Cerimônia que irá receber o Certificado de Canadense, que eu achei lindo. E a nossa cerimônia fez parte da comemoração dos 150 anos do Canadá, aí recebemos um certificado especial comemorativo. Foi muito legal virar canadense justamente nesta época!

 

Quem ministra esta cerimônia de cidadania é um Juiz de Cidadania que trabalha para o Ministério da Imigração. Nesta cerimônia você pode levar familiares, amigos e tirar muitas fotos. Nossa família estava no Brasil, mas demos sorte que uma das minhas primas estava estudando em Victoria e pode vir para a cerimônia. Também chamamos uma amiga querida nossa canadense, ele é Diretora de escola no Canadá, e ficou super feliz de participar pela primeira vez de uma cerimônia de cidadania.

nossa convidadas emira e gail

 

Por fim, no final da cerimônia o Governo te oferece um passe cultural por um ano, onde poderá visitar vários museus e centro culturais em todo o Canadá e tudo de graça! E você também ganha 50% de desconto na Via Rail (empresa de trem do Canadá). E o tão esperado passaporte você pode dar entrada 2 dias úteis após a cerimônia.

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Deixe um comentário

Chat via Whatsapp
Send via WhatsApp